Search
Close this search box.

SC: suspeito de abusar de crianças em creche tem prisão determinada pela Justiça

Diego Camargo

Diego Camargo

Um homem de 25 anos, dono de uma creche particular em Itapema/SC, teve sua prisão determinada pela Justiça na noite da segunda-feira (17). Ele é investigado por abusar sexualmente de crianças durante as atividades da creche.

De acordo com a Polícia Civil, o pedido de prisão preventiva foi autorizado e o local foi interditado já na noite de segunda. O homem teria sido encontrado em casa na mesma noite, mas se recusou a ir até a delegacia e disse que compareceria depois. Por não ter comparecido, ele é considerado foragido da Justiça.

Boletins registrados

Até a manhã desta quarta-feira, 19, cerca de 16 boletins de ocorrências foram registrados pelos pais falando sobre os possíveis abusos. De acordo com informação preliminar cedida pela polícia, todos já foram ouvidos. As crianças possuem entre 3 e 5 anos.

O suspeito já foi investigado em 2019 por crime parecido, mas o documento foi arquivado. Ele já deveria ter aparecido na delegacia na sexta-feira (14), mas de acordo com o seu advogado, o homem estava com sintomas de Covid-19.

Fonte: O Município │ Foto: Polícia Civil/Divulgação


Homem acusado de violentar sexualmente duas crianças é preso

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), de Caçador, no Oeste de Santa Catarina prendeu preventivamente na tarde desta terça-feira (18), um homem, de 62 anos, suspeito de ter abusado sexualmente de duas crianças.

A família teve conhecimento dos fatos no mês de maio, quando procurou a Polícia Civil e informou que os abusos ocorriam há mais de um ano. Com base nos elementos angariados a autoridade policial representou pela prisão preventiva do suspeito, a qual teve parecer favorável do Ministério Público, bem como do juízo que expediu a ordem de prisão preventiva.

Após diligências, os policiais conseguiram prender o suspeito que se encontrava em sua residência. Ele foi interrogado e encaminhado ao presídio regional de Caçador.

Fonte: ClicRDC