Search
Close this search box.

Santa Catarina: Polícia fecha oficina que falsificava carros da Ferrari e Lamborghini

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1563278555801{margin-left: 20px !important;}”]A Polícia Civil de Santa Catarina apreendeu, nessa segunda-feira (15), chassis, moldes, ferramentas e fibras utilizados na fabricação clandestina de veículos de luxo das marcas Ferrari e Lamborghini.
Os envolvidos na fábrica clandestina, considerados pela polícia como os principais falsificadores das marcas no Brasil, vendiam veículos para todo o país.
Os donos do local, pai e filho, serão indiciados por crimes contra a propriedade industrial.
De acordo com o Setor de Investigações Criminais da 1ª Delegacia de Comarca de Itajaí, as réplicas eram produzidas por encomenda no bairro Itaipava e tinham venda divulgada por meio da Internet.
Na operação, os agentes apreenderam oito réplicas semimontadas dos veículos, destinadas a venda por valores entre R$ 180 mil e 250 mil. Os modelos originais são vendidos no mercado por valores entre R$ 1,5 milhão e R$ 3 milhões.
As investigações, coordenadas pelo delegado Angelo Fragelli, começaram a ser realizadas depois que representantes das próprias marcas entraram em contato com a Polícia Civil de Santa Catarina.


Fonte:  Polícia Civil de SC

[/vc_column_text][vc_masonry_media_grid grid_id=”vc_gid:1563278658706-15a308fc-8906-1″ include=”13719,13720,13721,13722,13723,13724,13725,13726,13727″ css=”.vc_custom_1563278723797{margin-left: 20px !important;}”][/vc_column][/vc_row]