Search
Close this search box.

Casos distintos: homens são presos por abusarem sexualmente de suas netas; Um deles possui 80 anos

Diego Camargo

Diego Camargo

Idoso de 80 anos é preso por abusar de neta de 12 anos em SC

O Ministério Público de Santa Catarina divulgou nesta segunda-feira (17), uma condenação feita a um idoso de 80 anos, pelo estupro da neta, de 12, em Gaspar/SC.

O homem foi condenado a 20 anos de reclusão, tempo aumentado pelo homem se aproveitar da confiança da família, que a deixava em casa aos cuidados dele enquanto os pais saíam para trabalhar.

Por ter mais de 80 anos, o homem poderá recorrer em liberdade e ficará em prisão domiciliar, porém, sob monitoramento eletrônico.

Casos recorrentes

A Promotora de Justiça explica que este caso de Gaspar é um exemplo de violência sexual recorrente dentro de casa e, por isso, precisa da atenção dos familiares aos comportamentos da criança.

“É fundamental que a família fique atenta a eventuais mudanças de comportamento nas crianças, mantenha um diálogo ativo e, em caso de notícia de abuso, busque as autoridades, ainda que o suspeito seja visto como alguém confiável no seio familiar. No caso, o avô era visto como inofensivo, mas a instrução processual demonstrou que, de fato, ele foi responsável por inúmeros estupros da neta, que ocorreram enquanto ela tinha 12 anos. A condenação nesse caso é um exemplo pedagógico para o combate a esse tipo de crime e serve também como um alerta à sociedade e às famílias”, reforça a Promotora.

O Ministério Público ainda divulgou que busca conscientizar e orientasr a população para combater a violência e exploração infantil. “O abuso e a exploração sexual infantil são muito mais frequentes do que se pode imaginar”, divulga o MPSC.

As ações de conscientização vem através de campanhas. O MP ainda divulgou que estes casos vem aumentando, por conta das famílias estarem mais tempo dentro de casa, deixando crianças e adolescentes presas a um convívio familiar.

Esse isolamento dos jovens dificulta a busca de ajuda em redes de apoio, como professores, profissionais da educação e adultos de confiança.

Segundo dados levantados pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, 73% dos casos de violência sexual ocorrem na casa da vítima ou do suspeito. Os dados mostram que o agressor, na maioria das vezes, tem proximidade e fácil acesso à vítima.

Fonte: O Município


Homem é preso por estuprar a neta desde os 10 anos no RS

Mais uma prisão por abuso sexual foi concretizada pela Polícia Civil na última quinta-feira (13), de um homem de 48 anos acusado de abusar sexualmente da neta de 14 anos. Segundo a Polícia, o homem teria praticado os abusos entre 2016 e 2020 e foi preso preventivamente.

As investigações começaram após a mãe da menina ter denunciado os abusos, que ocorriam desde os 10 anos, na Zona Norte de São Gabriel/RS. A jovem não reside mais em São Gabriel e está recebendo atendimento psicológico. O Cartório Especializado deverá concluir as investigações e o inquérito nos próximos dias.

Fonte: Caderno 7