Search
Close this search box.

Polícia Federal inicia operação contra grupo sob suspeita de fraudes em Licitações Públicas em municípios do RS

Taiana Camargo

Taiana Camargo

Nesta terça-feira, 28, a Polícia Federal deu início à Operação Unidos Venceremos, com o objetivo de investigar delitos associados a fraudes em processos licitatórios em municípios do Rio Grande do Sul. Seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos, expedidos pela 1ª Vara Federal de Florianópolis, abrangendo empresas e residências dos investigados em Erechim/RS e Barão do Cotegipe/RS.

As investigações foram iniciadas em 2021, após receberem informações indicando possíveis irregularidades em licitações de equipamentos destinados a praças e parques públicos em um município do sul de Santa Catarina. As suspeitas incluem a possível conivência entre empresas para manipular a competitividade dos processos licitatórios, além de superfaturamento em equipamentos e produtos, e corrupção de funcionários públicos.

Ao longo da investigação, constatou-se que um grupo criminoso, sediado no Rio Grande do Sul, operava por meio de diversas empresas em licitações públicas. Essas empresas, todas pertencentes ao mesmo grupo, simulavam competição para distorcer e vencer os certames. Até agora, há indícios de que o grupo atuou em mais de vinte cidades em todo o Brasil. As buscas realizadas hoje têm como objetivo obter mais evidências, identificar os métodos utilizados pelo esquema criminoso e comprovar o envolvimento de servidores públicos nos atos ilícitos sob investigação.

Os investigados podem enfrentar acusações de “frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo de procedimento licitatório”, crime passível de detenção por até quatro anos, além do pagamento de multa.

 

Informações ASCOM PF