Search
Close this search box.

Padre morre tragicamente em Santa Catarina

Diego Camargo

Diego Camargo

O padre Alexandre Paulo de Matos, 46 anos, morreu na manhã deste sábado, 15, em Indaial/SC, por conta de um acidente com carros conhecidos como “gaiola cross”. O pequeno veículo onde o padre estava saiu de pista e capotou por volta das 9h30.

O Corpo de Bombeiros de Indaial foi acionado para atender a ocorrência que deixou outras pessoas feridas. Os socorristas foram até o local, em uma das trilhas do Morro do Barão, para atender as vítimas. Lá, encontram o padre já sem vida.

O veículo envolvido no acidente saiu de pista e desceu 15 metros em um barranco, vindo a capotar. Para resgatá-lo, foi preciso utilizar quadriciclos.

Conforme informações dos bombeiros voluntários da cidade, por volta das 9h30 uma equipe que fazia a segurança de um evento de “gaiola cross” foi acionada para a saída de pista no chamado Morro do Barão.

Duas ambulâncias e dois quadriciclos de resgate foram enviados para o local. O veículo estava caído no barranco. Havia outras duas pessoas com o padre, mas elas tiveram apenas ferimentos leves.

Também estiveram no local a Polícia Militar, Polícia Civil, Samu e Instituto Geral de Perícias (IGP). O corpo do padre foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Blumenau.

Atuante no Vale do Itajaí, o padre Alexandre trabalhava atualmente na Paróquia São Roque, em Benedito Novo.

Em Indaial, ele já havia estado por anos na Paróquia Santa Inês. Em Blumenau, onde foi ordenado há quase sete anos morou no bairro da Velha, onde era muito querido pela comunidade.

Nas redes sociais, colegas e amigos lamentaram a morte do sacerdote. “Que tristeza. Tão maravilhoso, amava sua alegria, era contagiante. Sem palavras”, comentou um conhecido. “Foi meu professor, uma ótima pessoa! Que triste”, disse uma aluna.

Detalhes do sepultamento do padre Alexandre ainda não foram divulgados.

Fontes: O Município e NSC Total