Search
Close this search box.

Novas informações sobre homicídio envolvendo caminhoneiro estaçonense

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1551882093733{margin-left: 15px !important;}”]

Informações policiais

Segundo o delegado plantonista que atendeu a ocorrência, Agnaldo Coelho, Eder Teixeira, de 48 anos, natural de Estação, estava em um bar com duas mulheres, na Vila Campo Neutro. Em determinado momento, ele teria chamado uma das mulheres para a cabine do caminhão. Preocupada com a demora, a outra mulher buscou ajuda com transeuntes que passavam pelo local até que o carro que estava Paulo Sérgio Guimarães de Deus, de 34 anos, com mais dois amigos, parou.

Paulo foi até a cabine do caminhão e, ao se aproximar, foi atingido por um único golpe de faca no pescoço dado pelo caminhoneiro. Ao delegado, Eder alegou legítima defesa. “Acreditamos que ambos os ocupantes do caminhão estavam embriagados e acabaram dormindo dentro da cabine. Em depoimento, ele alegou que ficou assustado e pensou que se tratava de um assalto e, por isso, atingiu o homem”, conta Agnaldo.


A vítima foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada na unidade. A mulher também foi ouvida e confirmou que ambos estavam no bar antes do crime.

Eder foi autuado por homicídio e encaminhado para o presídio de Jataí. Agnaldo destaca que o suspeito não possui passagens pela polícia. O crime será apurado pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH), que aguardam os resultados das perícias e laudos.

 

Versão do acusado

Eder confessou ser o autor, porém segundo sua versão alega que agiu em legitima defesa. Eder relata que a amiga da mulher que estava com ele na cabine do caminhão estaria armando uma emboscada para roubá-lo e que a vítima entrou em seu caminhão com uma faca em punho em sua direção. Temendo por sua vida, o acusado pegou uma faca que transportava e desferiu um golpe contra Paulo. Prova disso, seriam os diversos furos no banco do caminhão efetuados por golpes de faca por Paulo Sérgio.

Com informações de maisgoiás[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]