Search
Close this search box.

Nova enchente no Vale do Taquari leva à destruição de toneladas de roupas doadas em setembro

Taiana Camargo

Taiana Camargo

Toneladas de roupas destinadas à população de Muçum foram irremediavelmente perdidas devido às recentes inundações no Vale do Taquari no último fim de semana. As vestimentas, enviadas como resposta à devastadora enchente ocorrida em setembro, estavam armazenadas em contêineres que foram submersos pelo transbordamento do Rio Taquari. Além dos danos aos meios de transporte, o Centro Comunitário São José, um dos oito pontos de distribuição, teve suas instalações e estoques de roupas prejudicados pela invasão da água e lama.

O prefeito Mateus Trojan explicou que, após a catástrofe de setembro, o município recebeu uma quantidade significativa de doações, e o excedente foi armazenado em oito locais diferentes. Embora tenha sido possível retirar alimentos desses pontos, as roupas no Centro Comunitário não puderam ser resgatadas a tempo, pois a prioridade era direcionar assistência imediata às pessoas desabrigadas.


Os demais locais de armazenamento não foram afetados e continuam operando normalmente. O prefeito está em contato com o Governo do Estado para coordenar a coleta e a redistribuição desses itens para outras cidades gaúchas. A Defesa Civil estadual esclarece que, nos últimos 60 dias, não enviou novas doações de roupas para Muçum, em virtude da sobrecarga na Central de Doações e da recusa em aceitar itens excedentes.

 

Informações RS Agora