Search
Close this search box.

Homem morre após tentativa de internação compulsória em Condor

Taiana Camargo

Taiana Camargo

Durante a manhã de quarta-feira, 09, um homem perdeu a vida enquanto estava sendo submetido a uma ordem judicial de internação psiquiátrica compulsória, ocorrida em Condor, localizado no noroeste do Estado.

Acompanhados pela Secretaria Municipal de Saúde, dois policiais militares estavam presente durante a transferência. Durante esse processo, foi necessário intervir e controlar o paciente, que resistiu à internação e chegou a agredir os agentes.

Conforme relatado pelo secretário de Saúde do município, Eduardo Chagas, o indivíduo de 50 anos estava programado para ser internado no Hospital Psiquiátrico Bezerra De Menezes, em Passo Fundo, com base em uma solicitação de sua irmã e autorização emitida por um juiz.


No momento da transferência, o paciente recusou a sedação e atacou os policiais com uma faca e um espeto. A Brigada Militar informou que os agentes tentaram conter o homem com o uso de duas descargas elétricas da arma de condução, porém, essas medidas não surtiram efeito.

Diante da resistência e dos ataques por parte do paciente, os policiais efetuaram dois disparos, resultando na morte do homem no local. Um dos policiais foi atingido, sofrendo ferimentos leves no braço, e recebeu atendimento médico, permanecendo internado no Hospital de Condor. O segundo agente, protegido pelo colete, saiu ileso.

Será conduzida uma investigação por meio de um inquérito policial militar para esclarecer os acontecimentos.

 

Informações GZH 

Foto Reprodução