Search
Close this search box.

Homem é condenado a 19 anos de prisão acusado de matar a ex-companheira e por tentativa de homicídio

Taiana Camargo

Taiana Camargo

Um homem, de 57 anos, foi condenado a uma pena de 19 anos e 10 meses de prisão por ser considerado culpado pelo assassinato de Márcia Salcher Ferrarez e pela tentativa de homicídio contra o namorado dela em novembro de 2016. Além disso, recebeu uma sentença de um ano de detenção por posse irregular de arma de fogo. A decisão foi proferida pelo Tribunal do Júri de Caxias do Sul, classificando o caso como feminicídio, dado que o réu era o ex-companheiro de Márcia, uma mulher natural de Entre Rios do Sul que se mudou para Caxias do Sul em busca de oportunidades de emprego e uma vida melhor.

Segundo informações da Polícia Civil, Márcia, então com 31 anos, foi vítima de dois tiros em sua residência no bairro Esplanada, na noite de 15 de novembro daquele ano, na presença de seu namorado. O agressor aguardava o casal em um corredor que dá acesso à casa.

A vítima foi atingida no olho direito e no tórax, enquanto o namorado escapou ileso. Márcia trabalhava como cobradora de ônibus em Caxias, onde conheceu o ex-companheiro. Após o término do relacionamento em 2014, a família afirma que o acusado não aceitava a separação e tampouco o novo relacionamento de Márcia. Após o crime, o acusado fugiu e se entregou à polícia no início de dezembro daquele ano, confessando ser o autor do crime durante a apresentação. Além da pena de prisão e detenção, o réu também foi condenado a pagar uma multa.

 

Informações RS Agora 

Foto Arquivo Pessoal