Search
Close this search box.

Crime atroz: adolescentes são flagrados em latrocínio tentado

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1564409949392{margin-left: 15px !important;}”]No final da noite deste domingo (28), a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Tupanciretã, sob coordenação do Delegado Adriano W. De Rossi e com apoio da Brigada Militar de Tupanciretã – Júlio de Castilhos, Cruz Alta, Boa Vista do Cadeado e da Polícia Rodoviária Federal, aprendeu em flagrante dois menores de 17 anos, por latrocínio na sua forma tentada.

No início da noite, dois menores solicitaram uma corrida para a vítima, no bairro Beck. Durante o trajeto, em uma estrada de chão do assentamento Santa Rosa, anunciaram o roubo, estacionaram o veículo, colocaram a vítima no porta-malas e efetuaram dois disparos. Deslocaram até uma ponte que fica no km 6 da RST 392 para esconder o corpo. Como a vítima ainda estava viva, deram pedradas em sua cabeça e quando estavam prestes a queimá-la, policiais civis e militares chegaram, deram voz de prisão, mas os menores fugiram para o mato. As buscas para capturar os menores, que contaram com apoio da Brigada Militar de Tupanciretã, Júlio de Castilhos, Cruz Alta, Boa Vista do Cadeado e da Polícia Rodoviária Federal, duraram 4 (quatro) horas.


O dinheiro da vítima foi recuperado. A vítima está em estado grave e foi encaminhada ao Hospital São Vicente de Cruz Alta. Com os menores foi apreendido um revólver, calibre .32 utilizado no crime. O menor natural de Tupanciretã possui antecedentes por dois homicídios qualificados, já o outro que é natural de São Gabriel, mas mora em Santa Maria, possui antecedentes por dois roubos majorados e tráfico de drogas.

Após os procedimentos de praxe na Delegacia de Polícia, os menores foram encaminhados à Case de Santa Maria onde ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: RS News / Foto Divulgação[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]