Search
Close this search box.

Criança que teve mãe agredida em Gre-Nal é recebida por jogadores do Grêmio

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1563922087117{margin-left: 20px !important;}”]Na tarde desta terça-feira (23),  o centro de treinamento do Grêmio recebeu a criança que teve a mãe agredida no último Gre-Nal (20).

Bernardo e sua família foram recepcionados por jogadores, equipe técnica e o técnico do Grêmio, Renato Portaluppi.

Segundo escreveu o clube em seu perfil no Twitter, a família conheceu as instalações do Grêmio. Confira:

“Agora há pouco recebemos visitas muito especiais aqui no CT. O Bernardo e sua família vieram conhecer as instalações do Tricolor e foram recepcionados com muito carinho por nossa equipe dentro do campo”.


RELEMBRE O CASO

Uma torcedora gremista, acompanhada de uma criança, retirou uma camisa do Grêmio e comemorou em um setor destinado à torcida do Inter. Alguns colorados tentaram arrancar a camisa de suas mãos, e funcionários do clube precisaram intervir para retirar a torcedora e a criança.

O incidente ocorreu logo abaixo da torcida visitante. Ao final do jogo, enquanto os colorados deixavam o estádio, ela vibrou com outros torcedores gremistas que estavam no andar superior. Ao sacudir a camiseta, foi hostilizada por torcedores e chegou a ser empurrada e levar tapas de uma mulher.

Funcionários do Inter chegaram e escoltaram a mulher e a criança. O garoto, aos prantos, tentava reaver a camisa, que terminou nas mãos de um homem com crachá de funcionário.

O episódio repercutiu nas redes sociais, com manifestações de repúdio tanto de gremistas como de torcedores colorados. E não demorou para chegar aos jogadores do Grêmio.

MP INSTAURA EXPEDIENTE

O Ministério Público do Rio Grande do Sul, por meio da Promotoria de Justiça do Torcedor, instaurou ontem (22), expediente para investigar o episódio. A instauração se deu a partir de vídeos que circularam em redes sociais e reportagens veiculadas na imprensa, o que deu origem, no presente momento, a um registro como Notícia de Fato.

A partir do material obtido, o promotor Rodrigo da Silva Brandalise, da Promotoria de Justiça do Torcedor, solicitou informações aos clubes, Sport Club Internacional e Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, referente à identificação das pessoas que aparecem nas imagens, torcedores e provável segurança do clube mandante, medidas por eles adotadas, caso os envolvidos sejam do quadro social, e imagens do Estádio Beira-Rio, dentre outras. “Precisamos destas informações iniciais para saber, inclusive, contra quem direcionar qualquer providência”, afirma.

Segundo Brandalise, a Promotoria do Torcedor tomou conhecimento do episódio ocorrido após o clássico a partir de imagens exibidas na TV, já que o fato não chegou ao Juizado do Torcedor instalado no estádio. “Os vídeos, porém, justificam a instauração de expediente para investigar, no âmbito da Promotoria”, salientou.

Por Aline Prates / Diário da Manhã

Foto: Divulgação Grêmio

.[/vc_column_text][vc_masonry_media_grid grid_id=”vc_gid:1563922153600-67bdfab9-af59-7″ include=”13908,13909,13910″ css=”.vc_custom_1563922193168{margin-left: 20px !important;}”][/vc_column][/vc_row]