Search
Close this search box.

BM aborda indivíduo com aproximadamente R$ 15 mil em espécie, sem saber a origem do valor

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1542962559406{margin-left: 15px !important;}”]

BRIGADA MILITAR – CRPO/PLANALTO

13° BPM/3ª CIA.

 


SUMÁRIO DIÁRIO DO DIA 22/11/2018

GETÚLIO VARGAS

  • A guarnição de serviço da VTR 9231, estava em abordagem policial, quando abordou o veículo L200, de cor prata, placa IVV 1576, o condutor do veículo ao ser identificado, constatou-se no Sistema Informatizado que o mesmo tinha uma vasta ficha de ocorrências, sendo esse já preso. Ao fazer revista no veículo e busca pessoal, foi encontrado consigo a quantia de R$ 14.257,00 em espécie e um cheque no valor de R$ 2.100,00, sendo que o abordado não soube informar a origem do dinheiro, mediante o fato, foi conduzido até a D.P.P.A. DE Erechim onde foi lavrado uma ocorrência, após foi liberado.

 

CHARRUA

  • A Brigada Militar deslocou até o município de Charrua, onde houve a informação de que um trator, o qual foi furtado em Júlio de Castilhos, estaria num posto de combustível do município. A guarnição de serviço verificou os postos de combustíveis, mas nada localizou, fez patrulhamento pelas redondezas, mas também não foi localizado nenhum trator, apenas dos próprios moradores do município.

 

  • Foi realizada fiscalização de veículos e identificação de pessoas em todos os municípios pertencentes a 3ª Cia Getúlio Vargas.

 

SERTÃO

  • A guarnição de serviço da VTR 9231 deslocou até a comunidade do Incra/Sertão, para averiguar  situação do “ACAMPAMENTO INDÍGENA DO INCRA”, solicitação essa do Ministério Público, foi feito contato com os indígenas para averiguar a situação do momento, a qual se encontra tranquila.

 

DICAS DE SEGURANÇA

EM CASO DE ACIDENTE

  • Deparando-se com um acidente, antes de tentar prestar qualquer socorro, respeite a sua própria segurança. Evite ser, também, mais uma vítima. Se já houver outras pessoas prestando socorro no local, siga adiante e tente avisar a autoridade mais próxima.
  • Se você não é médico ou paramédico, evite mexer nas vítimas e nem permita que leigos removam as pessoas acidentadas. Aguarde o socorro apropriado e evite o agravamento das lesões por manipulação inadequada. Sua principal função será evitar o pânico, confortar os feridos, pedir o socorro e sinalizar o local com triângulo, galhos ou lanternas.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]