Search
Close this search box.

Assediador atropela e mata jovem de 18 anos após discussão na rua

Diego Camargo

Diego Camargo

Uma jovem de 18 anos foi atropelada morta na noite de domingo, dia 10, em Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina.

O crime ocorreu após o motorista ser repreendido pelo namorado da vítima por chamá-la de ‘gostosa’. Vanessa Tamyris de Oliveira Machowski chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

O agressor tentou fugir, porém foi localizado e preso pela Polícia Militar momentos depois do crime.

​O rapaz de 21 anos contou que estava dentro da cabine do caminhão, estacionado, conversando com a garota, quando um homem passou dirigindo uma Tucson, parou e assediou a mulher. Ele disse que então desceu do caminhão para defender a namorada e começou uma discussão.


Afirmou ainda à PM que o assediador aparentava estar bêbado e depois de terem discutido, o homem teria deixado o local. Minutos depois, segundo a testemunha, voltou à rua onde o casal estava e jogou o carro em cima da garota, que foi esmagada contra o caminhão. Os bombeiros chegaram a prestar socorro e levaram a vítima à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde ela morreu.

O motorista fugiu, mas foi encontrado pela Polícia Militar momento depois do crime. O carro usado por ele também foi localizado com a frente danificada. Como apresentava alguns cortes no rosto, o homem recebeu atendimento médico e depois acabou preso em flagrante. Segundo a Polícia Militar, ele confessou o crime e vai responder por homicídio doloso — quanto há intenção de matar.

O motorista tem 35 anos e passagens policiais por injúria, difamação, lesão corporal dolosa contra mulher e perturbação do trabalho e sossego alheio. Ele vai responder agora por homicídio qualificado e embriaguez ao volante, segundo a Polícia Civil.

Fonte: NSC Total │ Fotos: Divulgação/Polícia Militar


Tentativa de homicídio: mãe nega dinheiro à filha para comprar droga e é atacada com faca

Uma mulher sofreu uma tentativa de homicídio por volta das 14h de ontem, segunda-feira (11), em Concórdia/SC após a própria filha investir contra a mãe com uma faca para matá-la.

A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência. A vítima informou que sua filha estava lhe coagindo para entregar dinheiro que seria usado para a compra de drogas.

A mãe negou repassar o montante solicitado pela filha e diante da negativa, ela investiu com uma faca tentando desferir golpes.

A mãe conseguiu se defender ao se trancar em um cômodo da residência quando pediu ajuda aos seus vizinhos.

Ainda antes da chegada da guarnição da Polícia Militar ao local da ocorrência a filha deixou a residência e não foi mais localizada. Os policiais registraram um boletim de ocorrência e orientaram a mãe sobre os procedimentos necessários que poderão ser tomados.

Fonte: Atual FM