Search
Close this search box.

Assalto em supermercado e carro em situação de roubo são destaques policiais dos dias 16 e 17/02

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1550486770067{margin-left: 15px !important;}”]

BRIGADA MILITAR – CRPO/PLANALTO

13° BPM/3ª CIA – GETÚLIO VARGAS/RS

 

SUMÁRIO DIÁRIO DO DIA 16/02/2019

GETÚLIO VARGAS

  • Às 13h20, a guarnição foi deslocada até o bairro XV de Novembro, onde após ligações de vizinhos que estaria ocorrendo um desentendimento entre um casal e a mulher estaria sendo agredida. Ao chegar, em contato com as partes, informaram que não haviam ligado e que apenas se desentenderam.

 


  • Às 23h30, foi deslocado até a rua Jacob Gremmelmaier, para atendimento de ocorrência de acidente de trânsito com danos materiais. O caso envolveu os veículos Toyota/Corola e GM/Astra, foram tomadas as medidas cabíveis.

 

ESTAÇÃO

  • Às 20h, a Brigada Militar recebeu a informação que havia ocorrido um roubo no mercado Santa Clara, sendo que três indivíduos tripulando um VW/Gol, cor prata, portando armas de fogo, anunciaram o roubo e após a subtração de certa quantia em dinheiro, fugiram do local. Foram feitas buscas, porém os mesmo não foram localizados. As vítimas foram conduzidas a Delegacia de Polícia de Erechim para registro do fato.

 

ABORDAGENS

  • Realizado o Policiamento Ostensivo, sendo abordadas diversas pessoas e veículos.

 

ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA PARA VOLTA ÀS AULAS

A Brigada Militar, 13º BPM, 3ª Companhia de Getúlio Vargas, salienta que com o retorno das atividades na rede de ensino, o número de pessoas e automóveis aumenta significativamente, principalmente no entorno das escolas. Para isso, orienta aos pais, motoristas de transportes escolares, para que as crianças atravessem sempre na faixa de segurança, nunca as deixem atravessar no meio da rua. Também não pare ou estacione em fila dupla ou em locais proibidos. Aos demais condutores de veículos, diminua a velocidade ao se aproximar das áreas escolares. Respeite a sinalização e as regras de trânsito para evitar acidentes. Precisando de atendimento da Brigada Militar ligue 190 ou 3341-1630.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_separator][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1550486566566{margin-left: 15px !important;}”]

SUMÁRIO DIÁRIO DO DIA 17/02/2019

GETÚLIO VARGAS

Às 06h, uma guarnição da Brigada Militar deslocou até o centro, onde foi atendido um acidente de trânsito com danos materiais, envolvendo um veículo Fiat\Palio que se chocou contra uma árvore. Convidado a fazer o teste de alcoolemia, o mesmo se recusou. Adotadas as providências administrativas pertinentes ao fato.

 

ESTAÇÃO

  • Às 18h, foi deslocado até o bairro Aliança I, após uma ligação que havia um veículo VW\Gol, de cor prata, em atitude suspeita. Ao chegar, foi localizado o veículo, sendo que ao consultar a situação, foi constatado que o mesmo estava em situação de roubo. Dessa forma, foi acionado o guincho e conduzido para Delegacia de Polícia de Erechim, onde foi confeccionado o registro do fato.

 

ABORDAGENS

  • Realizado o Policiamento Ostensivo, sendo abordadas diversas pessoas e veículos. Confeccionado um Auto de Infração de Trânsito (AIT) e removido um veículo.

 

DICAS DE SEGURANÇA

Golpes

Quando a oferta é demais, desconfie. Ninguém vai sair pela rua oferecendo dinheiro a troco de nada ou quase nada. A arma do estelionatário é o poder de convencimento, a persuasão. Abaixo, algumas dicas para ficar longe das tentativas de golpistas:

  1. CONFIRMAÇÃO DE DADOS: O estelionatário liga para a vítima passando-se por funcionário de determinada empresa, dizendo que precisa que a vítima confirme alguns dados para fins de atualização do sistema. A vítima passa os dados e o estelionatário os utiliza para transações comerciais em nome da vítima. Dica para não cair neste golpe: nunca passe seus dados por telefone.

 

  1. FALSA CASA DA PRAIA: típico golpe realizado no final de ano. O estelionatário coloca anúncio em algum site, ofertando uma casa para alugar na praia, com fotos e preço atrativo. A vítima entra em contato com o estelionatário, dá uma entrada (sinal) e depois o estelionatário some. Para não cair no golpe, não alugue um imóvel de quem não é profissional na área (corretor de imóveis).

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]