Diretor de “2 filhos de Francisco” morre em ataque fulminante durante filmagem de filme

ANUNCIO-DIEGO-CAMARGO-scaled
brazaca 220
COLINA VERDE TOPO
REAS SOLAR 70X150

Luto para o cinema. O cineasta Breno Silveira, 58 anos, morreu na manhã deste sábado, em Limoeiro, Pernambuco. Sofreu um infarto fulminante durante o primeiro dia de filmagens do longa “Dona Vitória”, estrelado por Fernanda Montenegro.

Segundo informações, o diretor começou a passar mal no set, com taquicardia, chegou a ser socorrido, sendo levado para um hospital da localidade, mas não resistiu.

A equipe do filme está na região para rodar as cenas da infância da personagem-título. A informação foi confirmada por uma pessoa da equipe de filmagem.

Breno Silveira foi diretor do sucesso de bilheteria “2 filhos de Francisco”, baseado na história da dupla Zezé Di Camargo & Luciano, do drama “Era uma vez” e de “Gonzaga: de Pai pra Filho”. O cineasta ainda trabalhou como diretor de fotografia do filme “Carlota Joaquina”, de Carla Camurati.

Breno também teve uma carreira como diretor de videocliples. O premiado “Segue o seco”, de Marisa Monte, é um deles.

Sobre o cineasta

Breno Silveira nasceu em Brasília em 1964. Iniciou sua carreira no cinema como diretor de fotografia de filmes que marcaram o início da retomada do cinema nacional. Se associou à Conspiração Filmes, revelando seu talento para filmes da produtora, como Eu Tu Eles (2000), de Andrucha Waddington, Bufo & Spallanzani (2001), de Flavio Tambellini, e O Homem do Ano (2003), de José Henrique Fonseca, entre outros.

Seu primeiro trabalho nas telonas, após alguns documentários para a televisão, foi o extremamente bem sucedido 2 Filhos de Francisco (2005), que levou mais de 5 milhões de espectadores às salas de cinema, se tornando um dos maiores campeões de bilheteria do cinema brasileiro nos últimos 20 anos.

Artistas e amigos lamentam perda tão precoce

“Triste com a partida de Breno Silveira. Um cara bacana, talentoso, criativo e parceiro. Muito novo pra nos deixar cheio de planos na cabeça.”
Helio de la Peña, humorista

“Estou muito triste com a sua partida. Vá em paz Breno Silveira!!! Falamos na semana passada. Agradeço pelos nossos filmes, pela parceria, e pela alegria que tivemos a chance de compartilhar. Meus sentimentos profundos aos familiares. Muito, muito obrigada!”
Dira Paes, atriz

“Um incrível diretor e cineasta que tive o privilégio de trabalhar. Aos 58 anos, ele nos deixa, e deixa também trabalhos brilhantes no cinema brasileiro.”
Zezé Motta, atriz e cantora

“Gente, eu tô em choque.Absoluto.O Breno era um amor.Agradeço a ele. Muito. Pelo seu carinho. Pelo seu…. Amor. Fico devendo a cavalgada do vale das videiras. Sem palavras.”
Daniel Gonzaga, cantor e compositor, filho de Gonzaguinha e neto de Luiz Gonzaga

“O cinema brasileiro perdeu hoje de maneira repentina e precoce um dos seus expoentes mais talentosos, Breno Silveira. Diretor talentoso, pai dedicado e boa gente no mais alto grau. Uma tristeza.”
Luciano Huck, apresentador

Fonte: ND+ │ Foto: Divulgação

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    19 − 3 =