Homem é preso após tentar estuprar a própria vizinha em SC

ANUNCIO-DIEGO-CAMARGO-scaled
brazaca 220
COLINA VERDE TOPO
REAS SOLAR 70X150

Um homem de 44 anos foi preso após tentar estuprar a própria vizinha na madrugada de quinta-feira, dia 12, em São João Batista, na região do Vale Europeu catarinense. A mulher conseguiu fugir para pedir socorro.

Segundo a Polícia Militar, a mulher estava dormindo quando ouviu um barulho ao redor de casa. Ao verificar, não encontrou nada. Em seguida, voltou a escutar o barulho e quando olhou na janela, o vizinho estava tentando forçar para entrar.

A vítima, que já possui um boletim de ocorrência por tentativa de estupro em desfavor do mesmo homem, percebeu que o vizinho tentou entrar por outra janela, momento em que a mulher saiu correndo pela porta e pediu ajuda em outra casa.

Uma guarnição se deslocou até o local e abordou o homem na própria residência. Ele confessou a autoria, informando também que no período que estava na casa da vítima pegou um rastelo e quebrou a porta, afirmando para os policiais que tentaria novamente pegar mulher depois que saísse da prisão.

O homem foi detido em flagrante e encaminhado até a delegacia de Polícia Civil para os devidos procedimentos.

Fonte: Oeste Mais │ Foto: Polícia Militar

***

Criança pede ajuda a monitor de transporte após sofrer abusos sexuais

Uma menina de 10 anos pediu ajuda ao monitor do transporte escolar após sofrer abusos sexuais do próprio padrasto, em Chapecó.

Segundo investigações da Polícia Civil, através da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), o suspeito, de 55 anos, foi preso na quinta-feira, dia 12.

O caso chegou ao conhecimento da DPCAMI na última terça feira, dia 10, e chamou bastante atenção dos policiais pela forma como a menina denunciou o homem.

Ela entregou um bilhete ao monitor do transporte que a levava até a escola em que estudava. No papel havia a mensagem “me ajuda estou sofrendo abuso sexual”. O monitor então acionou o Conselho Tutelar, que levou o caso à polícia.

Imediatamente, a vítima e testemunhas foram ouvidas, além de perícias realizadas e busca de elementos que comprovassem os fatos denunciados.

Após instaurar o Inquérito Policial, o delegado responsável pelo caso, Eder Matte, representou pedido de prisão preventiva do acusado.

Matte destaca que a atitude da criança foi um pedido de socorro e que a vítima deveria estar vivenciando uma situação terrível. O delegado também ressaltou que a maioria dos abusos sexuais praticados contra crianças e adolescentes ocorrem no ambiente familiar. “Devemos cuidar nossas crianças e ficar atentos a qualquer mudança de comportamento”, concluiu.

O homem foi encaminhado para o presídio de Chapecó, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Oeste Mais

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    dois + dezessete =