RS: após lesarem o erário em três municípios, estelionatários tentam aplicar golpe em outra prefeitura

Após fazerem grandes transferências de dinheiro de duas prefeituras, Mormaço e Pontão, no Noroeste do RS, estelionatários tentaram aplicar o mesmo golpe em uma terceira prefeitura, desta vez da Região Celeiro.

Na manhã desta terça-feira (03), uma ligação despertou a atenção dos funcionários da Secretaria Municipal da Fazenda de Sede Nova. Segundo a assessoria de imprensa, por volta das 10h, a secretaria recebeu uma ligação de uma pessoa pedindo para fazer a atualização de dados do Banco do Brasil, os funcionários conversaram com o indivíduo e logo notaram que se tratava de um golpe. O mesmo pedia para acessar um site, o qual não foi acessado para não ter o perigo de ter o sistema invadido.

Providências cabíveis estão sendo tomadas, conforme nota divulgada pela administração do município gaúcho.

Dois casos recentes

A prefeitura de Pontão pediu para o Banco do Brasil bloquear suas contas após perceber transferências desautorizadas de R$ 332.084 na última sexta-feira (30). Após verificar várias movimentações irregulares ocorridas na quinta e na sexta, a própria instituição bancária comunicou o Tesouro municipal. Com a confirmação de que não haviam feito nenhuma transferência, foi pedido o bloqueio imediato das contas.

Poucos dias antes, houve um caso parecido em Mormaço, a cerca de 100 km ao sul de Pontão. O secretário da Fazenda municipal desconfiou de movimentações irregulares e pediu ao banco para suspender as contas da prefeitura. O desfalque foi de cerca de R$ 233 mil.

Um terceiro município do Rio Grande do Sul identificou desvios de dinheiro nas contas. Na prefeitura de São José do Herval, R$ 249 mil foram retirados por meio de transferências bancárias e pagamentos de boletos em quatro movimentações de valores menores, entre R$ 49 mil e R$ 99 mil. O dinheiro era do Fundo de Participação dos Municípios e da Saúde.

Com informações de Três Passos News