Search
Close this search box.

Anjinho da Guarda a mais de 20 anos educando crianças

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1519863325623{margin-left: 15px !important;}”]A Escola Municipal de Educação Infantil Anjinho da Guarda, localizada no Bairro Santana, na Rua Lido Giacomoni, 150, em Estação, foi inaugurada em junho de 1996, como Creche Municipal com o objetivo de atender crianças do município cujas mães trabalhassem com carteira assinada. A creche começou a funcionar com um número pequeno de crianças pelo fato de que muitas mães trabalhavam sem carteira assinada.

Na data de 08 de dezembro de 1997 foi aprovado o Regimento Interno da Creche pelo Decreto n° 373/97 que estendia o atendimento às crianças cujas mães possuíssem Alvará da Prefeitura ou apresentassem atestado de trabalho atingindo assim um número maior de famílias. A partir de maio de 2001, a Creche passou a denominar-se Escola Municipal de Educação Infantil Anjinho da Guarda, autorizada pelo Conselho Estadual de Educação e tomou como base o Regimento Parcial Padrão das Escolas Municipais de Educação Infantil.


[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][prime_cq_vc_gallery images=”4791″ itemwidth=”240″ offset=”4″ minwidth=”240″][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1519863344668{margin-left: 15px !important;}”]Em virtude da reorganização, fez-se necessário adequar o antigo Regimento Interno da Creche, até então denominado Estatuto Interno, conforme LDB/96, por sua condição peculiar, única Escola do Município a atender crianças a partir de dois anos. Esse Regimento disciplina a admissão e a permanência da criança na Escola e foi aprovado pelo parecer 001/2004 do Conselho Estadual de Educação.

Atualmente são atendidos 125 alunos divididos em quatro turmas no turno da manhã e oito turmas no turno da tarde. O corpo de funcionários liderados pela diretora Daiane RigoTurski, também conta com duas coordenadoras pedagógicas, 11 professores, 12 monitoras e mais três funcionárias.

A escola também conta com um ativo e participante CPM. A associação tem por finalidade geral colaborar na assistência e formação do educando, por meio da aproximação entre pais, alunos e professores, promovendo a integração entre poder público, comunidade, escola e família. A atual composição do CPM é composta pela presidente Jaqueline Blini Gonçalves, vice-presidente Claudia Mara Fabiane, secretária Caroline Paula do Amaral Aldebrand e Liziane Fátima Tretto Reindl na função de tesoureira.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][prime_cq_vc_gallery images=”4789,4790″ itemwidth=”240″ offset=”4″ minwidth=”240″][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1519864279393{margin-left: 0px !important;}”]

A antiga fachada da escola que teve sua Lei de criação nº 374 de 07/11/1995

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]