Search
Close this search box.

Alimentos in natura, minimamente processados, processados e ultraprocessados: entenda a diferença!

Diego Camargo

Diego Camargo

[vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1526662141010{margin-left: 15px !important;}”]Alimentação é mais que a ingestão de nutrientes, também é a os alimentos que contêm e fornecem nutrientes, a forma de preparo e a combinação entre si, modo de comer, dimensões culturais e sócias das práticas alimentares, tudo isso influenciam a saúde e o bem-estar (fonte: guia alimentar 2014)

O que eu trago para vocês hoje, é para compreenderem melhor a diferença de um tipo de alimento para o outro, ou seja, um alimento pode ser in natura, minimamente processados, processado ou ultraprocessado. Mas você sabe qual é a diferença entre eles? Então continue lendo esse texto e entenda um pouco melhor.

Alimentos in natura: são aqueles que não sofrem qualquer alteração, ou seja, são obtidos diretamente de plantas ou animais tais como frutas, verduras, ovos, peixes.

Alimentos minimamente processados: são os alimentos in natura, que sofreram alterações pequenas, como processo de limpeza, remoção de partes estragadas, fracionamento, moagem, secagem, pasteurização, fermentação. São produtos diretamente da natureza e usados em preparações culinárias, como exemplo temos os óleos, gorduras, sal e açúcar

Alimentos processados: São produtos fabricados com adição de outras substâncias tais como sal ou açúcar nos alimentos in natura ou minimamente processados, nesse grupo entra as frutas em calda, legumes em conserva, queijo, pães, onde o produto irá se tornar mais agradável ao paladar e com uma validade maior

Alimentos ultraprocessados: Produtos que passam por diversas etapas e técnicas de processamento, com adição de diversos ingredientes, onde acaba se tornando mais atraente, palatável, acessível e com um prazo de vida muito maior do que os demais grupos. Esse grupo inclui alimentos tais como: macarrão instantâneo, refrigerantes, biscoitos recheados, salgados de pacotes, sucos artificiais entre muitos outros.

Com todo esse avanço na alimentação, estudos realizados mostram que a maioria da população opta pelos alimentos ultraprocessados, os quais são mais fáceis de se consumir, são palatáveis e acessível. Mas e será que para o seu organismo irá ser? Como podem ver são alimentos com altas concentrações de diversos ingredientes e será que de nutrientes que o organismo realmente precisa ele tem? NÃO! De nutrientes saudáveis são poucos, então por mais que as vezes o preço seja mais acessível, que seja mais prático de consumir, nem sempre é o ideal, pois você poderá estar economizando 1 real hoje, mas no futuro poderá ter que muito mais para recuperar a sua saúde devido ao consumo desse tipo de alimento. Então reflita, prefira alimentos in natura ou minimamente processado, traga benefícios para você e sua saúde desde hoje.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text css=”.vc_custom_1526663017306{margin-left: 15px !important;}”]*Suélen Beledelli, formada em nutrição pela Universidade Integrada Regional do Alto Uruguai e das Missões (URI –Erechim) no ano de 2016, Pós-graduanda em Nutrição Clínica e estética pelo Instituto de Pesquisa Ensino e Gestão em Saúde (IPGS – Porto Alegre).[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]